Poló III desembarcam em Parintins

A bordo da embarcação Almir Araújo a delegação barreirinhense com 130 pessoas foi a última a desembarcar em Parintins na manhã deste sábado, 01 de junho. De cordo com o coordenador de esporte e lazer da Semjuv, Jamil Medeiros, todo apoio logístico com trasporte e hospedagem está sendo oferecido pela Seduc e Prefeitura local as delegações.

Os representantes das cidades de Boa Vista do Ramos, Barreirinha e Nhamundá ficarão hospedadas nas salas do Bumbódromo e os representantes de Maués optaram por ficar na embarcação PP Maués.

“Agradecemos a todos pelo apoio. Apesar de todas as dificuldades estamos em Parintins e vamos lutar para representar bem a nossa cidade (Nhamundá) apesar do número reduzido de atletas com relação aos anos anteriores”, destaca a participação nhamundaense o Polo, o secretário de esportes da cidade de Nhamundá, Joaquim Nogueira.

Equipes nhamundaenses de futsal e voleibol

Quanto a programação de abertura, Jamil Medeiros diz que está tudo pronto só aguardando o início da disputa. ” A abertura está marcada para às 17h no ginásio Elias Assayag, com desfile das delegações, shows culturais e os primeiros jogos. Na cerimônia, o juramento dos atletas será proferido pelo aluno da Escola Nossa Senhora do Carmo, João Garcia (campeão no xadrez), a tocha olímpica será carregada pelo velocista Kaio Bolt (Ceti – campeão nos 200m) e a pira vai ser acesa pelo atleta PCD (Pessoa Com Deficiência), Kael Modesto do Ceti – atleta campeão estadual e nacional. Ambos atletas parintinenses foram destaques no JEAs 2018″, informou Jamil.

Com disputa nas categorias infantil (12 a 14 anos) e juvenil (15 a 17 anos), mais de 700 estudantes/atletas das cidades de Barreirinha, Boa Vista do Ramos, Maués, Nhamundá e Parintins que compõem o Polo III participam da seletiva que define os representantes do Baixo Amazonas nas modalidades tênis de mesa, xadrez, futsal, handebol, voleibol, vôlei de praia e basquete para a 42ª edição dos Jogos Escolares do Amazonas (JEAs) que acontece no mês de julho em Manaus.

Kedson Silva – Semjuv