Gov-03

Pontos de Entrega Voluntária recolhem 25 toneladas de resíduos recicláveis em 30 dias de coleta seletiva

Ele destacou o apoio que o prefeito Bi Garcia tem destinado aos catadores de materiais recicláveis.

Nos primeiros 30 dias da coleta seletiva implementada em Parintins, com dez Pontos de Entrega Voluntária (PEVs), cerca de 25 toneladas de materiais recicláveis foram recolhidos e destinados à Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Parintins-Ascalpin.

A Prefeitura de Parintins, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Sedema) contabiliza os ganhos da coleta seletiva como prática decisiva para poupar o meio ambiente, a saúde pública e gerar renda.

“Além de proteger o meio ambiente, a coleta seletiva trabalha a parte social e econômica porque gera lucro”, comenta o subsecretário da Sedema, Alzenilson Aquino.

Ele destacou o apoio que o prefeito Bi Garcia tem destinado aos catadores de materiais recicláveis. “O apoio do prefeito Bi Garcia é fundamental para a Ascalpin que agora dispõe de um galpão de 350 metros quadrados com toda estrutura física adequada para receber o material reciclável. Com o resultado da coleta seletiva queremos fortalecer ainda mais a Associação dos Catadores, gerando renda para os associados”, informou.

A Ascalpin também recebeu do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Promoção Social, um aporte de R$ 130 mil para aquisição de balanças, prensas e triciclos motorizados. Depois de prensado todo material é comercializado em Manaus.

A Prefeitura pretende ampliar a estrutura de PEVs que hoje estão em dez pontos, para que mais secretarias e escolas abracem a causa. Um dos ganhos é quanto aos estudantes que já levam materiais de casa para os pontos de entrega voluntária.

 

Secom

você pode gostar também