Gov-01

Porto hidroviário da Vila Amazônia entra em fase de conclusão

O porto ocupa uma área de 700 metros e vai contar com estrutura de atracadouro, além de várias outras instalações.

Gov-02

(Foto: Orivaldo Souza/facebook)

 

Dentro de 30 dias o novo porto da Vila Amazônia deverá entrar em funcionamento. A estimativa foi feita pelo prefeito Bi Garcia ao visitar acompanhado pelo vereador Tião Teixeira, as instalações portuárias construídas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), na tarde de sábado (07).

O porto ocupa uma área de 700 metros e vai contar com estrutura de atracadouro, além disso, as instalações contam com um depósito, fábrica de gelo, dependências para instalação de órgãos públicos como a Receita Federal, instalações de embarque e desembarque de passageiros.

“Muitos municípios não possuem um porto igual a esse”, comentou Bi Garcia durante a visita nas instalações junto com alguns moradores da Vila Amazônia que foram recebê-lo.

 

Agenda intensa

 

A agenda do prefeito Bi Garcia no sábado foi intensa. Pela manhã participou da entrega de Kit´s Bebê, um programa da Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Habitação (Semasth).

À tarde, acompanhado pelo vereador Tião Teixeira, esteve na Comunidade de Mato Grosso, na Vila Amazônia, onde visitou a Escola Municipal São Francisco.

A noite esteve no bairro da União, onde a Prefeitura começou neste sábado a implantar o sistema de iluminação nos 1.100 metros de extensão.

 

SECOM

 

Mais duas comunidades terão em breve Água no Jirau

O prefeito de Parintins, Bi Garcia, inspecionou no final da manhã deste domingo (08) o início da perfuração do novo poço artesiano na Comunidade de Nossa Senhora da Saúde (Canarinho), localizada no Rio Uaicurapá, onde a Prefeitura está construindo com recursos do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE), uma escola com quatro salas de aula.

O prefeito esteve na comunidade há 24 dias para inspecionar a obra da escola, quando anunciou a perfuração do novo poço para atender o educandário e a comunidade, compromisso que agora está se tornando realidade, ao contemplar os comunitários com o Programa Água no Jirau. “Só vou inaugurar a escola com água”, afirmou o prefeito durante a primeira visita.

A comunidade era servida por um poço que foi desativado por causa de soterramento, obrigando os moradores a utilizarem a água do Rio Uaicurapá. O novo poço terá uma profundidade de 80 metros e um reservatório de cinco mil litros para o abastecimento das casas. Com isso os comunitários terão água de qualidade para o consumo.

A comunidade tem 42 famílias, das quais 16 moram no núcleo onde está em fase final de construção a escola. Bi Garcia foi recebido pelos comunitários liderados pelo presidente, José Maria Nascimento de Abreu. Segundo José Maria, Bi Garcia foi o primeiro prefeito de Parintins a se preocupar com abastecimento de água na comunidade.

“É muito bom a Prefeitura perfurar o novo poço. Vai acabar com o nosso sofrimento principalmente no período da seca onde tínhamos que caminhar muito para buscar água”, afirmou José Maria.

 

Santo Expedito

(Foto: Eduardo Gomes)

Antes de inspecionar a perfuração do poço no Canarinho, Bi Garcia esteve na Comunidade de Santo Expedito para anunciar que a comunidade será a próxima a receber o Programa Água no Jirau. A comunidade abriga 43 famílias, das quais 16 residem no núcleo. Acompanhado pelo responsável pela execução das obras do programa e pelo presidente da comunidade, Assis de Souza dos Santos, 60, Bi Garcia se reuniu com os comunitários para definir o local onde o poço será perfurado.

 

SECOM

 

Gov-03
você pode gostar também