Gov-01

Prefeitura de Parintins inaugura central municipal de resgate

Para utilizar os serviços da central de resgate basta ligar para o número 192. Os atendimentos serão feitos 24 horas por dia.

No intuito de agilizar o transporte de pacientes que necessitam de ambulâncias, a Prefeitura de Parintins criou a central municipal de resgate. A central funciona em anexo do centro de saúde Dom Arcangelo Cerqua, no Bumbródromo. A estrutura foi inaugurada nesta sexta-feira, 1º de maio, pelo prefeito Bi Garcia, vice-prefeito Tony Medeiros, secretário de Saúde, Clerton Rodrigues, e vereador Cabo Linhares.

Para utilizar os serviços da central de resgate basta ligar para o número 192. Os atendimentos serão feitos 24 horas por dia.

Bi Garcia, prefeito de Parintins, enfatiza que a central é a primeira instalada no município. De acordo com Garcia, o Município também buscará novas parcerias para melhorar a estrutura da central. “Ela vai funcionar como se fosse um SAMU, com profissionais habilitados, que são bombeiros civis e socorristas. Vamos trabalhar com um motorista e três socorristas dentro da ambulância”, pontua.

O prefeito também anuncia que a central também atuará com resgates na zona rural com ambulanchas. “Eles também vão gerenciar as ambulanchas, que brevemente estarão sendo entregue às comunidades rurais. Há necessidade dessa ligação porque eles vão receber pacientes da zona rural na rampa do mercado, porto da cidade, na Francesa e têm que deslocar para os hospitais”, finaliza Bi Garcia.

 

Prefeitura de Parintins recebe dois ônibus para fortalecer ações de saúde

Para fortalecer as ações de saúde no município, a Prefeitura de Parintins recebeu nesta sexta-feira (01) dois ônibus. Os veículos foram adquiridos com recursos oriundos de emenda parlamentar do senador Eduardo Braga e contrapartida do Município.

A apresentação dos dois ônibus foi feita pelo prefeito Bi Garcia durante a inauguração do centro de resgate municipal.

De acordo com o prefeito, os ônibus serão utilizados em várias frentes pela Secretaria Municipal de Saúde. “Vamos atender pacientes com problemas mentais do CAPS e também pacientes que vão fazer seções de fisioterapia na Casa Padre Vitório, como também para atuação da equipe de saúde quando precisar se deslocar para fazer mutirão no Aninga, Parananema, Macurany, bairros periféricos, ocupações e também na região da Vila Amazônia”, elenca Bi Garcia.

Devido ao período de pandemia do coronavírus, os dois ônibus serão utilizados na zona urbana de Parintins. Após esse período, um dos veículos será deslocado para a Vila Amazônia a fim de auxiliar as ações da unidade básica de saúde Padre Luppino em mais de 50 comunidades da região.

 

SECOM

Fotos: Pitter Freitas e Yuri Pinheiro

você pode gostar também