Prefeitura disponibiliza enfermeiros e fisioterapeuta para jogos do Parintinzão

Trabalhando a prevenção, objetivando manter a integridade física dos jogadores, a Prefeitura de Parintins por meio da Secretaria Municipal de Saúde disponibilizou para os jogos do Campeonato Parintinense de Futebol que acontecem nas noites de terças, quintas e sábados no estádio Tupi Cantanhede, uma equipe de profissionais formada por enfermeiros (Wladimir Ferreira e Pablo Luiz Ferreira) e do fisioterapeuta (Everaldo Ordones).

“É sempre bom ter um profissional por perto. Quando nos direcionamos para o estádio já deixamos a equipe da ambulância do Jofre Cohen sobre alerta e para ficarem a disposição caso aconteça alguma casualidade como por exemplo, um choque forte de cabeça entre jogadores. Estamos aqui para prevenir, orientar e dar atendimento as consideradas lesões simples (arranhões, dor após em uma disputa de bola, torções) quem venham a ocorrer dentro de campo”, destacou o enfermeiro Pablo Luiz.

O diretor técnico da Alepin, Normado Andrade frisa que a conjuntura de apoio da Prefeitura com os guardas municipais, equipe da saúde, assim como, do Corpo de Bombeiros é muito importante para a segurança de jogadores, torcedores e dirigentes dos clubes. “O nosso campeonato também está pareado também nesse sentido. A presença desses profissionais no estádio faz parte de uma medida de segurança estabelecida pela Confederação Brasileira de Futebol, CBF) por uma medida de prevenção”, explicou.

O professor Jamil Medeiros agradece o apoio do prefeito Bi Garcia com a maior competição do esporte parintinense e ressalta que o trabalho desses profissionais da saúde está geralmente focado na recuperação de atletas lesionados e voltada à prevenção de lesões, de modo a detectar possíveis anomalias musculares que possam acometer alguns jogadores dentro de campo. “Essas avaliações, contribuem para que se possa ter uma visão geral das condições dos atletas para voltar ou não em determinada partida, prevenindo os mais variados tipos de lesões nas articulações ou na musculatura”, finalizou.

 

Kedson Silva/JI