Aniversário de PIN

Prefeitura e UFAM promovem capacitação para pecuária leiteira

A parceria faz parte do Plano de Ação que o Prefeito Bi Garcia está investindo para avançar no setor primário

A Prefeitura Municipal de Parintins, a Secretaria Municipal de Pecuária, Agricultura e Abastecimento – SEMPA e o Instituto de Ciências Sociais, Educação, Zootecnia – ICSEZ – UFAM Campus do Baixo Amazonas – Parintins, iniciaram o curso de capacitação  para pecuária leiteira. O prefeito em exercício Tony Medeiros participa do evento que trata da Escrituração Zootécnica, o princípio para gestão  em pecuária leiteira.

O púbico a alvo são profissionais, agentes de ater, de crédito, estudantes e principalmente os produtores familiares envolvidos nos projetos de melhoramento da qualidade de produção do queijo  de manteiga e dos laticínios certificados pelo Serviço de Inspeção Municipal – SIM.

A formalização de parcerias dessa natureza, fazem parte do Plano de Ação do Setor Primário, que o Prefeito Bi Garcia está investindo para trazer significativos avanços para o setor primário.

O secretário da Sempa, Edy Albuquerque também participa do curso que visa capacitar para as práticas relacionadas às anotações da propriedade rural que possui atividade de exploração animal, com o mecanismo de descrição formal de toda a estrutura da propriedade: localização, acesso, área, relevo, clima, divisões, pastagens (nativas e cultivadas), benfeitorias, máquinas e equipamentos, funcionários, rebanho e suas categorias, práticas de manejo geral, alimentar, sanitário e reprodutivo, insumos, produtos e comercialização, anotações contábeis, etc.

A utilização das informações disponibilizadas com a escrituração zootécnica permitirá a equipe técnica da SEMPA, parceiros e ao produtor um gerenciamento muito mais eficiente de seu rebanho e da propriedade como um todo.

As principais vantagens consistem em conhecer melhor cada um dos animais, os  mais produtivos, identificar com rapidez possíveis problemas que ocorram no rebanho, facilitar o manejo, reduzir custos com alimentação, separando os animais por categorias de produção, determinar melhores épocas para práticas sanitárias e reprodutivas, identificar animais e famílias mais sensíveis e propensos a enfermidades.

 

 

SECOM

você pode gostar também