Prefeitura participa da abertura da VI etapa de formação inicial de professores indígenas do projeto Pirayawara

A Prefeitura de Parintins, através da Secretaria Municipal de Educação (Semed, em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), participa na segunda-feira (14) da aula inaugural da VI Etapa da Formação Inicial de Professores Indígenas da etnia Sateré-Mawé do Rio Uaicurapá, na escola municipal Indígena Nuitu Nuitu Ymye da comunidade Nova Alegria.

A VI etapa do Projeto Pirayawara vai ser executada pela Gerência de Educação Escolar Indígena da Seduc como parte de uma série de ações que são desenvolvidas há mais de 20 anos. O referido curso vem assegurar condições de acesso escolar à população indígena e promover o Ensino Básico conforme Legislação Federal cujo foco é a formação e capacitação de professores indígenas para ministrarem aulas do 1º ao 5º ano (séries iniciais) do Ensino Fundamental e Ensino Médio nas escolas indígenas.

Inicialmente, 25 professores indígenas serão formados nessa etapa que inicia no dia 14 de janeiro e termina no dia 08 de março deste ano. As áreas de conhecimento ministradas pelos docentes do projeto contemplam as linguagens, códigos e suas tecnologias, ciências da natureza, matemática e suas tecnologias, fundamentos para o magistério, ciências humanas e suas tecnologias e fundamentos para o magistério, totalizando 480 horas.

Na manhã desta sexta-feira (11), o secretário de Educação, João Costa, reuniu com o coordenador de educação indígena da Semed, Elias de Souza Menezes, e com a técnica da Gerência de Educação Escolar Indígena da Seduc, Rosa Maria Barros,  para tratarem dos últimos acertos para o início dessa fase do projeto. Na ocasião o secretário reiterou o compromisso do prefeito Bi Garcia e do vice Tony Medeiros com a educação escolar indígena da rede municipal de educação.

“Estamos reafirmando o compromisso que a administração municipal, por meio da Secretaria de Educação, com a formação dos professores indígenas que atuam nas salas de aulas das comunidades indígenas do Rio Uaicurapá. Estaremos presente na abertura dessa etapa para consolidar ainda mais a parceria que existe entre a secretaria de educação do Estado e a secretaria de educação do nosso município. Nosso compromisso é ajudar para que essa formação se concretize e que os alunos das escolas indígenas tenham educação voltada para sua realidade sociocultural”, ressaltou o secretário João Costa.

Segundo a técnica da Gerência de Educação Escolar Indígena da Seduc, Rosa Maria Barros, o Projeto Pirayawara é financiado com recursos do Governo federal para a formação de professores indígenas, garantiNdo acesso às políticas públicas pedagógicas aos educadores que irão atuar na rede municipal de educação. Ela destacou ainda que desde 2015 o Projeto Pirayawara estava parado, mas que agora, com a retomada, vai dar novo impulso na formação dos professores.

“Na segunda-feira começa a sexta etapa do Projeto Pirayawara. Vamos fazer uma grande aula inaugural com a presença de autoridades e lideranças indígenas dando início oficial ao curso de formação. Para as próximas etapas a secretaria de educação do município vai reunir com a equipe de educação escolar indígena para planejarem as atividades para tão logo concluir as nove etapas do projeto”, disse Rosa Maria.

Além de Parintins, o Projeto Pirayawara será desenvolvido nos municípios Amaturá, Autazes, Boca do Acre, Fonte Boa, Humaitá, Japurá, Juruá, Nhamundá, Nova Olinda do Norte, São Paulo de Olivença, São Gabriel da Cachoeira e Tonantins.

 

SECOM