Prefeitura reúne com taxistas para uso de aplicativo em Parintins

Na busca de melhorias para o transporte privado urbano, a Prefeitura Municipal estuda juntamente à categoria de taxistas a instalação da empresa multinacional Uber na cidade. A corporação de transporte que atua com um aplicativo de celular é reconhecida pela rentabilidade. A intenção da Prefeitura é trazer a companhia para o município e inserir os taxistas como prestadores desse serviço.

A articulação para a instalação do Uber em Parintins é conduzida pelo prefeito Bi Garcia e pelo vice Tony Medeiros com o apoio da associação dos taxistas.

Em reunião realizada nesta segunda-feira, 19 de março, com a presidência do sindicato dos taxistas, o prefeito em exercício Tony Medeiros afirmou que a intenção é transformar os taxistas de Parintins em motoristas de Uber, dando mais rentabilidade e qualificando o serviço de transporte. Medeiros afirma que a Prefeitura se antecipa para inserir Parintins nas cidades que contam com o serviço devido ao seu potencial turístico.

“Todos os dias Parintins recebe centenas de pessoas vindas de Manaus e de outras localidades que utilizam o serviço da empresa. Nossa intenção é, juntamente com os taxistas, evoluir o serviço de transporte e aumentar a renda dos taxistas com a adesão ao aplicativo do Uber”, evidencia.

O presidente da associação dos taxistas de Parintins, Raimundo Pimentel, classifica como um grande avanço a instalação da empresa na cidade. Segundo ele, a adesão ainda será discutida com os mais de 130 taxistas associados juntamente com o prefeito Bi Garcia e o vice Tony Medeiros.

“Isso a gente não pode fugir porque é uma realidade. Nós já fizemos a pesquisa e achamos viável, contanto que o carro fique como táxi e prestando o serviço do aplicativo”, avalia.

 

SECOM

você pode gostar também