PRESIDENTES E QUARTÉIS

Para meus sobrinhos militares Patricia, Gabriel e Matheus.  E meus irmãos professoras e professores Ruth, Hélio, Itamar, Rosalvo, Cristina, Elcio, Moysés, Mario, Helio (sem acento), Rubinho, além do Simãozinho aqui.

Não sou militar e nem servi ao Exército. Fui dispensado pelo chamado Excesso de Contingente Também eu e meus filhos não estudamos em Colégio Militar. Embora engenheiro, sou muito mais identificado com o mundo Cultural. Um governo militar assim como um civil pode ser bom ou não, a História vai julgar. Pra não ir muito longe no tempo e no espaço, é só olhar para cima e ver a vizinha Venezuela. Entre Chavez, um militar e Maduro um civil (sindicalista/maquinista) que o sucedeu, quem é pior?

Agora vamos falar um pouco de Presidentes Militares, da  parte pouco conhecida.

Você estudou que Deodoro da Fonseca proclamou a República e Floriano Peixoto foi o 2* Presidente. Ambos eram Marechais do Exército Brasileiro. Isso estava em todos os Livros Didáticos, não tinha como não saber.

Getúlio Vargas, o “Pai dos Pobres”, além de outras formações era militar (Segundo Sargento) e  filho de militar. Poucos sabem disso. Foi ele quem criou a CLT- Consolidação das Lei do Trabalho, instituiu as Férias remuneradas e de quebra criou a Petrobras. Que o Marechal Gaspar Dutra, foi ministro da Guerra (hoje, Ministro da defesa) e um dos líderes militares durante a 2* Guerra Mundial. Isso todos sabemos. Mas, não lhes disseram que o Presidente Juscelino Kubitschek foi Tenente-Coronel-Médico da Polícia Militar de Minas Gerais. Só disseram que ele criou Brasilia, né?!

Dos Marechais e Generais pós 1964, devem ter-lhes falado muito coisa, mas certamente esqueceram de dizer que foram eles os criadores do CRÉDITO EDUCATIVO em 1976, benefício  que depois mudou de nome para FIES e desprezaram o autor original. O 13* SALÁRIO e o FUNRURAL- a Previdência do Trabalhador Rural, o Programa da Merenda Escolar, o FGTS, o PIS e o PASEP,  também foram dessa época. E por aí vai: EMBRAPA,  ELETROBRAS, EMBRATEL, TELEBRAS, PRO-ALCOOL, HIDRELÉTRICA DE ITAIPU e outras três gigantes. Ah, quase esqueci, a ZONA FRANCA DE MANAUS.

Essa eu tenho certeza que jamais lhes falaram. É sobre aquele “paiszinho” chamado ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA, mais velho que o BRASIL apenas 8 anos e que tem a RIQUEZA ANUAL (BIP) dez vezes maior que a nossa querida Nação. Pois é, dos 45 Presidentes de sua História, 32, isso, trinta e dois foram MILITARES das mais diversas patentes. É a maior democracia do mundo e, muita gente tem dificuldade em entender isso. Alguns tinham ainda outra formação além da militar. De todos que citamos no texto, brasileiros e americanos, apenas dois não eram Oficiais (um foi segundo-sargento e o outro, sodado) portanto com pouco tempo de formação na caserna.

Existe uma ideia errada e, até certo ponto preconceituosa de que militar só sabe fazer continência e é doido por uma guerrinha. Afirmar que todo militar é belicista, é tão absurdo quanto dizer que todo civil é desonesto. Na História americana com tantos militares presidentes, não conheço registro de golpes ou de ditaduras. Por outro lado, ainda que esses Presidentes tenham outras Formações intelectuais, não creio que seja desprezível o que um Coronel ou General  aprendeu nos quartéis por tanto tempo e, que isso não tenha ajudado a moldar sua personalidade. É bom lembrar também, que existe uma equivalência do ensino Civil com o Militar estabelecida em Lei, tanto na Graduação como na Pós Lato Sensu (inclusive algumas Portarias Normativas assinadas conjuntamente pelos Ministros Fernando Haddad da Educação e Nelson Jobim da Defesa, ambos civis). Um Capitão, por exemplo, além das tradicionais, Engenharia, Cavalaria, Comunicações…, pode ter cursado Geografia, Educação Física, História ou Matemática. Porém não pode ficar reprovando indefinidamente. Para se chegar à patente de Coronel ou General, exige-se cursos específicos que equivalem ao Mestrado e Doutorado e, ainda dependem do número restrito de vagas para as promoções. É um concurso difícil.

Voltemos aos Presidentes Militares americanos. Os mais conhecidos: George Washington (General), Abraham Lincoln (Capitão), John Kennedy (Tenente), Jimmy Carter (Tenente), Ronaldo Reagan (Capitão), Tomas Jefferson (Coronel), Theodore Roosevelt (Coronel), Richard Nixon (Comandante da Marinha), George Bush (Tenente), George W. Bush (Tenente da Guarda Nacional – Texas).

Pra não ficar mais repetitivo ainda,  vou listar por patente. GENERAL: Dwight Eisenhower, Wlisses Grant. MAJOR-GENERAL: Andrew Jackson, William Henry Harrison, Zachary Taylor, Rutherford Hayes, James Garfield. BRIGADEIRO-GENERAL: Franklin Pierce, Andrew Johnson, Chester Arthur, Benjamim Harrison. CORONEL: James Madison, James Monroe, James Polk, Harry Truman. MAJOR: William MacKinley, Millard Fillmore. CAPITÃO: John Tyler. TENENTE-COMANDANTE (Marinha): Gerald Ford.

Calma, só falta um SOLDADO (que depois formou-se em Direito, foi Diplomata (?) e político com vários mandatos) de nome James Buchanan foi Presidente dos Estados Unidos da América, a maior economia do mundo e, onde querem morar aqueles que não gostam da política americana. O  Soldado, como ficou conhecido, foi um combatente e, eternizou-se nas revistas de quadrinhos e bonequinhos plásticos, como o super-herói ”Bucky”.

Se você não sabia desses fatos todos sobre Presidentes, não se culpe. Militar é ruim de marketing e, além do mais, grande parte dessas informações devem estar no “Index Librorum Prohibitorum”* da política brasileira.

 

*Index Librorum Prohibitorum  é a relação de Livros proibidos pelo Vaticano. Desculpem a (infeliz) analogia.

 

 

Simão Assayag

Poeta, escritor, compositor, engenheiro, colaborador JI

Foto: Senado Federal/Internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here