Campanha Caburi

PROFESSOR PARINTINENSE VALTER MENEZES EXPÕE PROJETO NO 8º FÓRUM MUNDIAL DA ÁGUA EM BRASÍLIA-DF

Com a temática água, o Docente foi classificado pelo MEC a expor seu projeto no evento (face pessoal)

O professor Valter Menezes que trabalha na escola Municipal Luiz Gonzaga, na comunidade Santo Antônio do rio Tracajá, interior do município de Parintins, está em Brasília onde irá expor um projeto dentro da temática do 8º Fórum Mundial da Água. A participação do docente no evento se deu em decorrência do projeto intitulado “Água Limpa Para os Curumins do Tracajá” que rendeu a ele os títulos de Educador Nota 10 em 2015 e Top 50 que premiou os cinquenta melhores professores do mundo em Dubai, nos Emirados Árabes em 2017.

Com o tema: Compartilhando Água o evento organizado pelo Conselho mundial da Água acontece pela primeira vez em um país da América do Sul, tendo a Capital do Brasil, Brasília como sede.  O objetivo do Fórum é dar oportunidade para discussões que sejam decisivas para uso da água de modo racional e sustentável por todo o planeta.

Entre a extensa programação de debates e palestras, acontecem as Exposições de Trabalhos Escolares e de organizações governamentais e não governamentais (Expo). O professor foi convidado pela Agência Nacional da Água (Ana) que em parceria com o Ministério da Educação (Mec) credenciou Menezes a participar do Fórum. O projeto do parintinense foi posto no mercado de soluções como alternativa sustentável para se ter água limpa.

“Pra mim é muito gratificante porque é um Fórum que enriquece com ideias novas para poder aplicar na minha escola e nas outras que me convidarem a palestrar. Estou levando muita novidade para minha escola Luiz Gonzaga do Santo Antônio do Tracajá, com isso, me sinto feliz em ser um professor ribeirinho e poder participar do Fórum Mundial da Água”, destaca Menezes.

Paralelo ao Fórum quinta-feira 21, o caboclo do Amazonas recebeu uma homenagem na Assembleia Legislativa, de autoria do deputado federal Paulo Fernando (Paulão) do PT de Alagoas.  “É uma grande honra reconhecer o trabalho do professor Valter, oriundo de escola pública, da lida com jovens com uma realidade social diferenciada. É um milagre conseguir com esse público juntar educação, meio ambiente e apresentar soluções baratas e econômicas, para se ter água de qualidade, é uma pena que o poder público de uma forma geral não reconheça isso”, frisou o deputado.

O fórum que aconteceu no Centro de Convenções, Ulisses Guimarães iniciou domingo dia 18 encerrando nesta sexta-feira dia 23.

 

Da Redação

Denilson Noronha

Gazeta Parintins

você pode gostar também