Quatro candidatos até agora fazem campanha no Caprichoso

Karu Carvalho artista. ex-presidente Carmona Oliveira, o artista Juarez Lima e o atual vice-presidente Jender Lobato. (Imagem: Assessoria Boi Caprichoso)

 

 

A derrota do festival de 2019 na Associação Folclórica Boi Bumbá Caprichoso, deixou a eleição da agremiação mais aberta. Com a certeza do tricampeonato o grupo do atual presidente Babá Tupinambá, esperava já dia 02 de julho, ou seja, um dia após o resultado contra o Garantido, anunciar a campanha de presidente. Nos bastidores era certo de que caso, Babá conseguisse o tri, ninguém o impediria de ter mais 3 anos a frente do Azul e Branco. Como não conseguiu, a estratégia mudou. Visto que uma derrota no Festival, seja de qual lado for, as feridas, antes escondidas, aparecem. Os esqueletos saem do armário.

Quatro associados desde começo do mês fazem campanha visando a eleição: Karu Carvalho artista. ex-presidente Carmona Oliveira, o artista Juarez Lima e o atual vice-presidente Jender Lobato. 

Karu Carvalho é dos mais antigos artistas e participou do tricampeonato (94,95,96), está sem contrato na agremiação, mas não pulou para o Contrário. Carmona Oliveira é o presidente que assim como Babá, conseguiu um bicampeonato ao Caprichoso e trouxe David Assayag (2009) para o Azul e Branco. Juarez Lima é um dos quadros melhores dentro e fora dos galpões e Jender Lobato foi decisivo na construção das últimas vitórias do Azul e Branco. 

Na atual conjectura, Babá Tupinambá abdicou de ser candidato ou tentar qualquer manobra para concorrer a presidente. No entanto, será peça determinante para quem quiser ganhar a presidência. Hoje Babá é o candidato a vice de Jender Lobato. No começo de mês de maio aliás, quando foi anunciado num evento do Caprichoso essa informação, teve maior barraco entre Babá e o ex-presidente Dodó Carvalho.

As penhoras e calotes em fornecedores são alguns pontos a ser abordado pelos candidatos contra Babá e Jender. Nas redes sociais já comecou a disputa. O sócio eleitor Diego Cursino Pinheiro, por exemplo tascou que a atual gestão “gastou dinheiro muito grande para logística de itens gravar em várias partes do Brasil, um dvd invisivel”. 

A imagem do presidente Babá até agora não sofreu tanto desgaste. Mesmo após a derrota para o Garantido. Até porque ele próprio se antecipou a qualquer tipo de críticas e fez autocrítica e pediu até perdão dos associados e torcedores pela derrota. Tem gordura para queimar até a eleição e nisso está a aposta de ser não mais presidente e sim o vice.  

A posição do deputado estadual Saullo Vianna (PPS) e do prefeito de Parintins Bi Garcia (PSDB) o processo não pode ser menosprezada. Afinal, numa campanha como é de boi na Ilha de Tupinambarana, tal apoio renderá uma logística forte para se chegar a todos os associados. Saullo hoje não quer papo de Babá ser o vice de Jender. Um calote de R$ 300 mil reais, seria um dos motivos. O prefeito Bi Garcia não se manifestou ainda. 

A posição dos grupos de Dodozinho Carvalho, Márcia Baranda, João Vinicius e a familia Medeiros de Henrique e Marta Medeiros também nesse momento está aberta. 

O próximo presidente deve gerir uma agremiação com previsão orçamentaria superior a R$ 20 milhões de reais em três anos. Mais de 3 mil associados tem direito a voto. Aliás, será outro X na questão, pois pelo estatuto, somente os associados com mensalidades em dia, podem votar. 

 

[email protected]

[email protected]

(92) 991542015

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here