Estado

Salvar vidas: servidor público relata sentimento ao transportar oxigênio para o hospital Jofre Cohen

Nas imagens, os trabalhadores vestidos de amarelo que sempre aparecem nas carregando os cilindros são servidores da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), da Prefeitura Municipal de Parintins.

O que parece um simples e rotineiro trabalho para uns, para outros é uma ação importante que pode salvar vidas. Nas últimas semanas, as redes sociais ficaram repletas de imagens do transporte de cilindros de oxigênio para o hospital Jofre Cohen, referência em Parintins no tratamento à Covid-19. Por detrás dos objetos e da importante ação estão pessoas humildes e dedicadas, que estão dispostas dia e noite a realizar essa simples, cansativa e importante tarefa para a reabilitação de pacientes acometidos pela doença.

Nas imagens, os trabalhadores vestidos de amarelo que sempre aparecem nas carregando os cilindros são servidores da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), da Prefeitura Municipal de Parintins. Eles sempre aparecem transportando os cilindros, ajudando a conduzir os tanques e até colaborando na instalação da usina de oxigênio. Uma tarefa essencial para que o hospital tenha estrutura adequada para atender os pacientes.

Eles estão à disposição do trabalho a qualquer hora do dia e se mostram orgulhosos em poder colaborar com a saúde do povo parintinense. Mesmo na madrugada, o servidor Márcio Ferreira, 33 anos, deixa sua residência no São Benedito para transportar os cilindros tão necessários para os pacientes acamados. “É uma satisfação estar fazendo isso, porque é a vida de muitas pessoas que está dependendo do oxigênio. Para mim é um orgulho, não pelo fato de eu estar sendo pago, mas porque no momento eu estou ajudando a salvar vidas”, disse orgulhoso.

Eugênio Paixão, 42 anos, é outro profissional da Semosp que tinha hora certa para entrar e sair do trabalho, mas a nova função o fez estar disposto sempre que convocado. Ele disse que não vê essa função de transportar os cilindros como trabalho, mas como uma ação de solidariedade que ajuda a salvar vidas. “Nós estamos fazendo por amor, por compaixão a muita gente. Nós temos que criar coragem e fazer de coração. Isso nós estamos fazendo por carinho, graças a Deus e ao trabalho do prefeito Bi Garcia. Não é fácil, é cansativo, é noite, é dia, é madrugada, mas graças a Deus nós estamos aqui pra ajudar”, relatou.

Esses servidores realizam, diariamente, o transporte de cilindros de oxigênio e demais equipamentos necessários para o atendimento no hospital ou qualquer outro setor que precise de logística e operacional. Eles estão nos portos, aeroporto, hospitais, unidades de saúde, secretarias e fazem os trabalhos em caminhões, balsas e onde precisar. “A hora que ligam para nós, a gente vai fazer o trabalho. Estamos todos unidos pra ajudar”, disse Raimundo Natalino, 31, funcionário que mora no Paulo Corrêa.

Secom Parintins

Foto: Yuri Pinheiro

você pode gostar também