Saullo Vianna assume mandato como deputado estadual e diz que pertence à “bancada do povo”

Saullo Vianna (PPS), o 9o. mais votado no pleito de 2018, assumiu, nesta sexta-feira (1o), mandato de deputado estadual e está na lista dos 12 novos parlamentares que compõem a 19a. Legislatura da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam).

Eleito com 27.880 votos, Saullo mostrou sua força  e se consolidou dentre os novos nomes da política amazonense, já na primeira vez em que concorreu a um cargo político, nas eleições de outubro do ano passado.

Ao ser questionado sobre que postura vai adotar em relação ao governo Wilson Lima (PSC), o parlamentar afirmou que é da bancada do povo. “Meu mandato pertence ao povo do Amazonas e vou me esforçar para honrar a confiança em mim depositada. Sou da bancada do povo. Irei votar a favor das matérias que beneficiem a população e contra, as que não atenderem aos interesses dos amazonenses”, explicou.

A reunião, onde serão definidos os presidentes e membros das Comissões Permanentes da Aleam, está prevista para acontecer na próxima quarta-feira (6). Saullo adiantou que apesar de ter afinidade com Esporte, Cultura e Economia, independentemente da Comissão que assumir, tem o compromisso de apresentar propostas que priorizem  o desenvolvimento do interior do Estado.

 

Eleições da Mesa Diretora

Sem chapa concorrente, o deputado Josué Neto (PSD) foi aclamado presidente do Legislativo Estadual para o biênio 2019-2021 também nesta sexta-feira (1o). Para Saullo, a consolidação do nome de Josué Neto imprime a união do grupo do qual faz parte e reforça o momento novo da política.

“Josué é novo, mas tem experiência e o perfil conciliador que a Assembleia precisa nesse novo cenário da política nacional e local. Eu confio na administração do presidente Josué e estou feliz em saber que os deputados que estão chegando pela primeira vez no parlamento, assim como eu, vão conseguir desempenhar bem nossas atividades dentro e fora do plenário”, concluiu.

 

Katiuscia Assis e Divulgação Aleam