Estado

Saullo Vianna intercede por prefeitos do interior e propõe repasse emergencial aos municípios

Dinheiro será usado para fortalecer a atenção básica de saúde nos municípios com a contratação de médicos e profissionais de saúde e aquisição de medicamentos.

Após ouvir a demanda de prefeitos do interior do Amazonas, durante o lançamento do Plano Estadual de Imunização, o deputado estadual Saullo Vianna (PTB) apresentou requerimento solicitando que o Governo do Amazonas destine recursos para a atenção básica de saúde dos municípios para o combate à Covid-19. Em reunião virtual extraordinária (não remunerada) da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), nesta terça-feira (19), Saullo defendeu a proposta para que o dinheiro seja usado na contratação de médicos e profissionais de saúde e aquisição de medicamentos.

“Uma atenção básica eficiente no interior vai fazer com que as pessoas sejam diagnosticadas precocemente e seja iniciado rapidamente o tratamento. Reduzindo assim a quantidade de casos que evoluem e diminui as internações. Os hospitais do interior não comportam uma explosão de casos como aconteceu em Manaus”, explicou Saullo Vianna, um dos parlamentares com maior atuação no interior do Estado.

“Existe uma preocupação muito grande entre os prefeitos para que a crise que aconteceu em Manaus, não se repita no interior, até porque os municípios não vão comportar. Minha proposta foi para dar este socorro. O objetivo é reforçar a atenção básica no interior”, completou o parlamentar.

 

Vacinação no interior

Ainda nesta terça (19), começou a distribuição das doses da vacina Coronavac contra a Covid-19 no interior do Estado. Nessa primeira etapa, a vacina vai beneficiar o grupo prioritário que abrange trabalhadores da saúde, idosos de 80 anos ou mais, idosos de 75 a 79 anos, pessoas com mais de 60 anos que vivem em instituições de longa permanência e população indígena.

O Governo Federal enviou 256 mil doses para o Amazonas da vacina do Instituto Butantan ontem (18/01) e a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) foi a responsável pela montagem dos kits que foram enviados hoje para cada município. As vacinas estavam em um contêiner a 4.0°C, e os trabalhos de logística de distribuição começaram ainda na segunda-feira.

 

Por Mahira Maia, assessoria parlamentar

Publicado por Carlos Frazão/JI

 

você pode gostar também