Campanha Caburi

Superlotação no Presídio de Parintins preocupa direção

A Unidade Prisional de Parintins (369 km de Manaus) que tem capacidade para 36 presos, hoje funcionando com o triplo de sua capacidade.

Com 126 prisioneiros no local, a direção do Setor Penitenciário está preocupada devido a grande quantidade de prisões que estão sendo efetuadas pelas policias Civil e Militar e encaminhados ao Presídio local que está se vendo sem espaço para receber esses presos.

O diretor da Unidade, Bosco Paulain destaca que “estamos preocupados, porque o número de encaminhamentos para o Presídio está aumentando. Pelos números de ocorrências que estão sendo realizadas na Delegacia e baseado nos trabalhos de investigação a tendência é que esse número aumente ainda mais”.

De acordo com o Diretor da Unidade “estamos pensando em construir mais duas celas, para tentar suprir a grande demanda de detentos e para que possamos receber mais presos. Por isso, estamos levantando uma bandeira, para a construção de cela de isolamento, fazendo assim, que por algum ato de indisciplina aqui dentro, eles possam receber socialização disciplinar dentro dessas celas”.

Bosco Paulain comenta que “o Presídio lotado aumenta a preocupação de todos que trabalhamos na Unidade, porque ele é uma caixinha de surpresas”. Segundo Ele, por enquanto estamos conversando com os internos, até agora está tudo tranquilo, estamos buscando alternativas para resolvermos esse problema. A inclusão de presos no programa artesanal “Tecendo Liberdade” nos tem ajudado muito, mas estamos com uma preocupação porque, não temos celas para tantos internos.

Bosco argumenta que “precisamos de alternativas, até para dar condições mais humanas aqui dentro da Unidade aos presos. Estamos aguardando o Juiz da Vara de execuções penais para que possamos encontrar uma alternativa para que essa superlotação não aumente”.

 

 

Kedson Silva/JI

Foto:Arquivo JI

 

você pode gostar também