Carnailha 2020

Telo Pinto busca benefícios ao Setor Primário e presta esclarecimentos na tribuna

O presidente da Câmara Municipal de Parintins, vereador Telo Pinto (PSDB), relatou sobre reuniões que aconteceram em Manaus, com o objetivo de equacionar dificuldades do município de Parintins, principalmente do Setor Primário. Em seu pronunciamento nesta segunda-feira (09/12), também apresentou esclarecimentos sobre situações levadas à tribuna em sessões anteriores.

Em reunião com o presidente do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Juliano Valente, o parlamentar enfatizou a necessidade de realização de um novo estudo sobre as regras que conduzem financiamentos, através da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam). De acordo com elas, é necessário que o empreendedor tenha licença ambiental para conseguir crédito. Isto tem inviabilizado o acesso aos financiamentos, pois a emissão da licença ambiental é um processo complicado.

Diante do empecilho, Telo Pinto propôs que haja regras e limitações de acordo com o produtor. “Temos mais de 5 mil hectares de pastagem degradada no Amazonas, que precisam ser recompostos para que possam produzir novamente. Precisamos fazer que o Setor Primário possa produzir, mas sem essa exigência toda”, argumentou. Diante do exposto, o presidente do Ipaam se prontificou a fazer o estudo e levantamentos necessários.

Em visita à Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), o vereador assegurou que o órgão realizará uma série de ações durante a 34ª Exposição Feira Agropecuária de Parintins (Expopin). Ainda na capital, Telo Pinto esteve com o senador Omar Aziz (PSD) e resgatou um anseio presente desde legislaturas anteriores em Parintins, que é a construção de um novo prédio para a Câmara Municipal. Aziz se pôs à disposição para alocar a quantidade de recursos necessários, juntamente com o senador Plínio Valério (PSDB).

A seguir, em seu discurso, Telo Pinto abordou sobre um assunto recorrente entre os parlamentares. O vereador alegou que, conforme matéria veiculada no site BNC, há indícios de manipulação na venda da MAP Linhas Aéreas para a Passaredo, que ocorreu em agosto. Para Telo, quem sofre com isso é a região Norte. “O Senador Omar, ouvindo o clamor de Parintins e demais municípios do Amazonas, pediu explicações ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), sobre o porquê de ter acontecido esse apagão aéreo no Amazonas, de forma que tem que ser resolvida essa situação deplorável, que é o transporte aéreo na nossa região, para que possamos ter um serviço de qualidade”, disse.

Para finalizar, o presidente se defendeu de acusações referentes a gastos excessivos dos recursos da Casa Legislativa. Em relação ao valor de R$ 16 mil, que teria sido gasto na aquisição de 16 câmeras no início de seu mandato, Telo Pinto apresentou a licitação que mostra item a item o que foi comprado. Não foi adquirida nenhuma câmera nova, mas sim realizado um trabalho de manutenção nos equipamentos já instalados, além da compra de um televisor e de utensílios necessários para o melhor funcionamento do sistema.

Sobre exceder os limites de gastos com a folha de pagamento, o parlamentar preparou um relatório das despesas, onde consta que 83,7% do orçamento é direcionado ao pagamento de pessoal. Isto sem contar com outros gastos, como o auxílio alimentação. Desta forma, o recurso restante é aplicado em outros investimentos, a exemplo das sessões itinerantes. “Gastamos realmente uma quantia muito volumosa. Mas é bom esclarecer que os vereadores não recebem 13º salário. Enquanto gestor, não vou cometer nenhum tipo de irresponsabilidade com os gastos da Casa Legislativa”, pontuou.

 

CÂMARA MUNICIPAL DE PARINTINS

RELEASE – 09 DE DEZEMBRO DE 2019 (SEGUNDA-FEIRA)

O vereador Gelson Moraes (PSD) relatou sobre visita na comunidade Sagrado Coração de Jesus no Rio Tracajá, no dia 06/12, para verificar in loco a reforma da Escola Dom Pedro II. A obra foi uma solicitação do parlamentar, através de requerimento. Há 34 anos não tinha um melhoramento no prédio. O parlamentar informou que foi até o local onde será construída a nova escola com quatro salas, também solicitada por ele, através de Indicação. Gelson verificou também que o gerador de energia que está com problemas e precisa de conserto.

O vereador Afonso Caburi (PTB) obteve aprovação em três proposituras destinadas à Agrovila do Caburi. O primeiro requerimento voltado à classe dos idosos, solicitou ao Poder Executivo Municipal a construção do Centro do Idoso da Agrovila de São Sebastião. O segundo requerimento surgiu da proposta dos jovens da comunidade para construção de Escola de Informática. No terceiro requerimento, o edil demandou a construção do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) na Agrovila de São Sebastião do Caburi.

O vereador Beto Farias (Podemos) fez uma avaliação do trabalho parlamentar. “É um dia importante de mostrar o nosso compromisso com a comunidade neste ano de 2019, uma prestação de contas à população”, disse. Sobre as viagens à capital do Estado, uma delas foi, junto com o vereador Cabo Linhares (Patriota), para reunião com o Deputado Estadual Cabo Maciel (PL), onde recebeu notícia de que a emenda impositiva de R$ 300 mil para a compra de duas ambulâncias já está na conta da Prefeitura para demandas em saúde no município.

O vereador Renei Mocambo (PL) cobrou o governo do Estado, através da Secretaria de Produção Rural do Amazonas (Sepror), referente a materiais que ainda não chegaram nas comunidades de zona rural. As reclamações dos ribeirinhos referente à ambulancha também foi pauto do edil. Alegam que não tem estrutura para fazer a remoção de pacientes que necessitam de atendimento em emergência. Pedem ao Secretário Municipal de Saúde que olhe com mais carinho por esses comunitários, pois precisam de mais conforto e segurança.

A vereadora Nêga Alencar (PSD) falou sobre bloqueio de recursos da Saúde no município de Parintins. Relatou que em consulta ao Fundo Nacional de Saúde constatou que Parintins tem mais de R$ 4 milhões bloqueados em recursos, apenas em 2019. Nêga propôs Moção de Aplauso para a estudante Andria Jhully Farias e a professora Mary Sônia Alencar, da 3ª série do Ensino Fundamental da Escola Estadual Nossa Senhora do Carmo, as duas foram premiadas no 11º Concurso de Desenho e Redação da Controladoria-Geral da União (CGU).

A vereadora Vanessa Gonçalves (PROS), como Integrante do Fórum Nacional da Mulher Parlamentar na União dos Vereadores do Brasil (UVB), manifestou-se contrária à decisão da Medida Provisória 905/2019, a qual revoga normas trabalhistas e retira a exigência do registro de trabalho para jornalistas e outras 13 profissões. Durante pronunciamento, apresentou relatório referente à liberação de emendas parlamentares junto ao gabinete da deputada estadual Alessandra Campêlo (MDB). Na ocasião, reiterou parceria para 2020.

O vice-presidente da Câmara, vereador Tião Teixeira (PTB), divulgou a informação, após ser comunicado pelo prefeito de Parintins, Bi Garcia (PSDB), sobre a fase de licitação da moderna escola para ser construída no Boto, a partir de janeiro de 2020. Tião disse que os recursos, oriundos de emenda parlamentar do deputado estadual Serafim Corrêa (PSB), já estão depositados na conta da Prefeitura. Afirmou que a obra vai gerar oportunidades de trabalho na comunidade e o prefeito Bi Garcia cumpre um compromisso firmado com o povo do Boto.

O vereador Cabo Linhares (Patriota) destacou programas sociais em Parintins. Parabenizou a “linda formatura” do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) de alunos das escolas municipais e estaduais. Outra solenidade destacada pelo vereador foi do Programa Educacional Bombeiro Mirim (Proebom). Mais uma cerimônia que o vereador evidenciou foi a do Pelotão Mirim. O militar enalteceu a parceria da Prefeitura de Parintins, através do prefeito Bi Garcia (PSDB), que dá suporte a esses programas sociais.

 

Assessoria de Imprensa da CMP

você pode gostar também