Gov-01

Telo Pinto pede pela volta dos Cursos Navais em Parintins

O presidente da Câmara, vereador Telo Pinto (PSDB), apresentou Indicação à Capitania dos Portos para que, assim que possível, providencie os cursos de Marinheiro Fluvial de Convés e Marinheiro Fluvial de Máquina. Em Indicação direcionada à Secretaria de Turismo, pleiteou criação de Setor Histórico e Cultural para funcionar no Museu onde era o antigo Palácio Cordovil. O edil requereu à Prefeitura construção de quadra de futebol society na Praça dos Bois e à Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Sanitária para que dialoguem com donos de embarcações para encaminhamentos sobre possível retorno.

 

CÂMARA MUNICIPAL DE PARINTINS

23ª SESSÃO REMOTA – QUARTA-FEIRA (08-JULHO)

 

A vereadora Nêga Alencar (PSC) propôs ações e obras em ruas do município e solicitou manutenção dos banheiros do Hospital Jofre Cohen. Recuperação asfáltica de trecho da Rua 3 – bairro Itaúna II; serviço de poda das árvores da Avenida Amazonas e reparos dos bancos da via; construção de uma galeria de esgoto e meio-fio na Rua 24 de Janeiro – bairro Itaúna I. Para a Empresa Municipal de Trânsito e Transporte (EMTT), demandou o retorno de cones de sinalização na confluência de ruas na proximidade da Ponte Amazonino Mendes.

 

O vice-presidente da Câmara, vereador Tião Teixeira (DEM) apresentou três proposituras. O parlamentar requereu à Prefeitura de Parintins a implantação de telefonia móvel, com antena rural, na sede das comunidades para comunicação em caso de necessidade por serviços emergenciais como da Central de Resgate. Tião Teixeira reivindicou a reforma da Escola Municipal São Pedro do Igarapé-Açú do Rio Uaicurapá, com perfuração de poço artesiano para atender a demanda da comunidade.

 

O vereador Afonso Caburi (DEM) apresentou requerimento solicitando à prefeitura municipal a construção de castelo d’água e ainda a instalação do Programa Água no Jirau, com objetivo de solucionar o problema que as comunidades Colônia São Joaquim e Colônia Dom Pedro vêm enfrentado com a falta de abastecimento de água potável na região. Pediu respeito dos colegas à Comissão de Constituição e Justiça, a qual preside. Disse que as comissões vêm cumprindo seu papel nos trâmites de matéria competente e tudo tem sido feito buscando o melhor para a população parintinense, garantiu o parlamentar.

 

O vereador Bertoldo Pontes (PSL) apresentou indicações à Prefeitura. À Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) demandou recapeamento asfáltico para as rua Dom Arcângelo Cerqua e Chico Simões, no Bairro Itaúna I. Direcionada ao Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), solicita troca da caixa d’água de três mil litros da comunidade Santo Antônio do Arauá, na Região do Mamuru.  A caixa d’agua adquirida no Programa “Água no Jirau” encontra -se rachada e os moradores reivindicam que seja feito a troca da mesma.

 

O vereador Cabo Linhares (PSL) apresentou Indicação para reforma da escola Municipal da comunidade Santa Fé (Região do Zé Açú. A Indicação ao governo do Estado do Amazonas foi para terraplanagem e asfaltamento na rua que dá acesso ao Clube Cabos e Soldados, para qual requereu à Prefeitura terraplenagem e recapeamento. Solicitou troca das luminárias das ruas Coronel Barreto Batista e Padre Colombo, com urgência bem como a manutenção das caneletas das ruas Romualdo Correa e Nossa Senhora das Graças, no Itaúna ll.

 

O vereador Maildson Fonseca (PSDB) declarou que “parlamento é divergência de opinião”, ao dirigir-se à vereadora opositora. Recomendou à edil que evite se pronunciar como “desrespeitada pelo fato de ser mulher”, porque isso não acontece. Enfatizou que “o que ocorre, de fato, são oposição de ideias enquanto parlamentares”, independente de sexo, e o que for decidido pela maioria deve ser acatado. Para tanto, exemplificou o retorno das Sessões Presenciais, ao qual foi contrário, mas vai cumprir o que for determinado.

 

O vereador Mateus Assayag apresentou Requerimentos para construção de uma Quadra Poliesportiva na comunidade São Tomé do Rio Uaicurapá e para reforma da Escola Municipal do Mangueirão, Comunidade polo dentro da região do Jacu. Mateus Assayag destacou que em Parintins acontece a flexibilização gradativa com relação à pandemia da Covid-19 e pediu para a população parintinense manter sempre as mãos higienizadas, usar máscara, álcool e álcool em gel, no sentido de evitar a proliferação do Coronavírus.

 

O vereador Gelson Moraes (Republicanos) apresentou Requerimento dirigido à Superintendência do Banco Bradesco no Amazonas e ao Ministério Público para que apurem e fiscalizem denúncias de clientes. As queixas são sobre prática de indução ao saque do Limite disponível, por parte de funcionários de Expressos. Para a Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Habitação (Semasth) para que inclua a Gleba de Vila Amazônia no cronograma de recebimento de pescado que será distribuído pela Secretaria.

 

A vereadora Vanessa Gonçalves (PP) protocolou denúncias sobre práticas abusivas no comércio parintinense. Dificuldade para troca de produtos com defeitos nas Lojas Americanas, combustível adulterado nos Pontões (revendedores flutuantes), alta de preços sobre materiais de construção e mau atendimento a passageiros pela empresa Passaredo Linhas Aéreas são as reclamações da população. Solicitou recapeamento das ruas Coronel Barreto Batista, Desembargador Vidal Pessoa e 09 do Bairro União, bem como conclusão do serviço nos Bairros São Francisco e Teixeirão. Da empresa Amazonas Energia, pediu a inclusão do Núcleo Fortaleza – Caburi – no cronograma do Programa Luz Para Todos.

 

 

Por Assessoria de Imprensa da CMP

Postado por Carlos Frazão/JI

Fotos: Arquivos CMP/Agencia Naval

 

 

você pode gostar também