Campanha Caburi

Toada de Boi Bumbá será conhecida em todo o mundo, como ritmo exclusivo de Parintins

O vereador Maildson Fonseca (PSDB) defendeu Projeto de Lei para declarar a toada de boi-bumbá como ritmo musical oficial de Parintins.

“O boi bumbá existe em nosso município há anos. A Toada que anima o Festival Folclórico de Parintins há mais de 100 anos. Um amigo advogado, dr. Edmilson, alguém que já residiu em Parintins, me convidou, para que, juntos, pudéssemos apresentar essa propositura, para que, assim, em qualquer lugar do mundo, saibam que é um ritmo oficial exclusivo do município de Parintins”, justificou o vereador Maildson Fonseca.

(Foto: Divulgação)

 

CÂMARA MUNICIPAL DE PARINTINS – RELEASE

Na sessão ordinária dessa Terça-Feira (20/08), o vereador Renei Mocambo (PR) pautou sobre o caso do idoso de 70 anos, internado no hospital Pe. Colombo, que aguarda o taxi aéreo para remoção à Manaus. O parlamentar Renei disse que está casa está recebendo muitas parabenizações devido às ações da Prefeitura Municipal que vem ocorrendo nas áreas de zona rural. Entre elas, o trabalho de melhoria nas estradas, que tem resultado no deslocamento de moradores do Mocambo à Agrovila do Caburi para acompanhar o serviço.

O presidente da Câmara Municipal de Parintins, vereador Telo Pinto (PSDB), registrou e exaltou a doação de mais de mil livros para a Biblioteca Municipal Tonzinho Saunier, feita pelo jornalista, sociólogo, escritor e Doutor em Sociedade e Cultura Wilson Nogueira. Sobre a Biblioteca, comentou sobre a visitação ao local e que existem computadores disponíveis para pesquisa, porém, são insuficientes para a demanda. Por isso, apresentou Requerimento Verbal para solicitar a Prefeitura que disponibilize mais 10 computadores.

O vereador Afonso Caburi (PTB) manifestou preocupação com a prática de pesca predatória, com uso de arma-arpão, que está ocorrendo na região do Caburi. O método causa prejuízos aos pescadores locais, que realizam a pescaria artesanal de caniço e dependem dos peixes para sua subsistência. O edil, como defensor dos interesses daquela comunidade, assegurou que vai procurar os órgãos ambientais competentes e tomar as providências cabíveis para coibir tais práticas.

O vereador Gelson Moraes (PSD) pautou sobre seu acompanhamento junto à Associação dos Pescadores, praticamente há 12 anos. O parlamentar disse que, em seu primeiro mandato, teve dois projetos de construção aprovados: um mercado no Bairro de São José e uma fábrica de gelo no Distrito do Mocambo, porém, o investimento foi perdido. “Hoje faz muita falta para a classe dos pescadores. Eles ficaram sem ter um local com boa estrutura para vender seu pescado com qualidade”, pontuou.

O vereador Cabo Linhares (Patriota) informou que teve Requerimento atendido, no qual solicita melhorias no buraco da rotatória da Rua Armando Prado. Comunicou sobre outros serviços da Prefeitura, como melhoria na Rua Gomes de Castro esquina com a Rua Paraíba e a construção de arquibancadas do campo de futebol de Vila Amazônia. Linhares relatou sobre reunião com a gerente da Amazonas Energia no gabinete da presidência da Câmara de Parintins em que prestou esclarecimentos quanto às falhas de energia na zona rural.

A vereadora Nêga Alencar (PSD) não poupou nos adjetivos para destacar o que denominou como “falta de habilidade e de articulação política” do vereador Paulo Linhares (Patriota), líder do prefeito Bi Garcia (PSDB) na Câmara Municipal de Parintins. Nos últimos meses Linhares utiliza a tribuna da Câmara para atacar as ações da vereadora Nêga Alencar. Diante de tantas agressões verbais, Nêga se posicionou sobre as atitudes do parlamentar, que não aceita as críticas a administração do prefeito Bi Garcia.

 

Assessoria de Comunicação da CMP

 

você pode gostar também