TRAGÉDIA EM FAMÍLIA: TIO MATA O SOBRINHO COM TIRO DE ESPINGARDA

A Polícia Civil de Parintins abriu inquérito para apurar a causa do homicídio do pescador, Ailson de Souza Teixeira, 25 anos, morto com tiro de espingarda, na madrugada do dia 27 de outubro, na comunidade rural Sagrada Família da Ilha das Guaribas, no Distrito do Mocambo do Arari.

O acusado do crime é o próprio tio da vítima, Cleidimilton de Souza Teixeira, 46 anos. Ailson morreu antes de passar por cirurgia dentro do Hospital Regional Jofre Cohen, em Parintins. A mãe da vítima, Aldair de Souza Teixeira, registrou a ocorrência na Delegacia de Polícia Civil, no domingo, 28.

Cleidimilton Teixeira é acusado de matar o próprio sobrinho, Ailson Teixeira, com tiro de espingarda, na Ilha das Guaribas, zona rural de Parintins. (Foto/ Polícia Civil)

 

O delegado Adilson Cunha deve ouvir testemunhas, assim como o acusado do crime, na tarde desta segunda-feira, 29 de outubro. Cleidimilton Teixeira não está mais em estado de flagrante pelo homicídio e, após prestar esclarecimentos, será liberado para responder o processo em liberdade. A partir da oitiva com testemunhas, o delegado Adilson Cunha pode pedir a prisão preventiva do acusado à Justiça.

 

parintins24hs.com.br