Gov-03

Virada Ambiental planta mudas nativas no entorno da Lagoa da Francesa para resgatar a biodiversidade

Moradores comemoraram a ação.

Uma área de duzentos metros da orla da Lagoa da Francesa começou a receber nesta segunda-feira o plantio de mudas de espécies nativas como mumgubeiras, taxizeiros, lombrigueiras, oiti e pau pretinho. A ação faz parte da Virada Ambiental, iniciativa de mobilização social que envolve poder público, organizações ambientais e a comunidade em vários municípios do Brasil neste dia 22 de Novembro.

Em Parintins, a Virada Ambiental ganhou adesão da Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente-Sedema e apoio do Movimento Todos pela Francesa, Instituto Rally Ambiental, IFAM e SEMOSP.

Limpeza, abertura das covas e plantio das mudas movimentaram cerca de quarenta técnicos da Sedema e IFAM, moradores e homens da Semosp desde as primeiras horas da manhã com capinação e transporte das mudas do viveiro da Sedema até a Rua Beira Rio, no bairro Francesa.

Moradores comemoraram a ação. “É um sonho realizado, estamos  felizes porque soma a nossa luta desde 2018 para salvar a lagoa”,  disse o coordenador do Movimento Todos pela Francesa, Rodolfo Vargas da Costa que está à frente do movimento pela preservação do ecossistema.

“Trabalhamos para que a educação ambiental seja um processo permanente  e esta ação, além de resgatar a biodiversidade, envolve os que vivem, trabalham e utilizam a área numa  mudança de postura frente às questões ambientais”, afirmou o subsecretário da Sedema, Alzenilson Aquino.

Ele destaca o empenho da gestão municipal do prefeito Bi Garcia que implementa políticas públicas necessárias para a manutenção dos recursos ambientais.

O coordenador do Instituto Rally Ambiental, Afonso Rodrigues, avalia como positiva a iniciativa de recuperação e revitalização da lagoa. “Queremos dar uma nova cara para a Francesa, limpando e arborizando com espécies como mungubeira que funcionam como filtro para despoluir e limpar a água. E pedimos que a população nos ajude”, apelou.

O assessor técnico da Sedema, Tita Teixeira coordenou as equipes que vão continuar por toda a semana com o plantio de até 600 mudas. “É uma parceria para melhorar a qualidade das águas, do solo e a vida das pessoas”, enfatizou.

 

Peta Cid/SECOM

você pode gostar também